Blog Agibank
Pra você ficar bem informado agora.

Insights sobre tecnologia, inovação e finanças.

Mercado financeiro: o que vem pela frente?

Não é nenhuma novidade que a tecnologia está transformando todos os setores, especialmente na última década. E claro que com o mercado financeiro não seria diferente. Cada vez mais, as instituições bancárias precisam estar atentas às tendências e oferecer serviços e produtos diferenciados ao novo perfil de consumidor.

Novas moedas, inovações no universo dos investimentos e computação cognitiva são apenas algumas das tendências que estarão cada vez mais próximas de você.

Quer saber um pouquinho mais sobre o que vem pela frente no mercado financeiro? Confira!

 

Fintechs

As fintechs são um novo modelo de negócio que oferece soluções alternativas ou complementares às de um banco, como cartões de crédito, empréstimos e seguros. Com um produto tecnológico, as fintechs estão fazendo com que as instituições financeiras tradicionais revejam sua forma de atuação no mercado, cada vez mais tomado por clientes que demandam serviços com mobilidade e personalização.

 

Bitcoin

É a principal moeda virtual e já atrai investidores do mundo todo. A grande diferença do bitcoin para outras moedas existentes até a sua criação é que ele não é emitido pelo Banco Central de um país, e sim por um programa de computador central.

Uma das principais vantagens do bitcoin é que esse tipo de criptomoeda não sofre com oscilações devido a instabilidades políticas e econômicas. Porém, como toda moeda, seu câmbio oscila conforme a demanda.

 

Blockchain

É uma tecnologia com potencial para promover uma revolução no mercado financeiro nos próximos anos. Em geral, o blockchain está associado às transações com criptomoedas como o bitcoin, mas esse não é seu único uso. Essa ferramenta tecnológica garante maior segurança a qualquer operação financeira feita pela internet que envolva troca e armazenamento de dados em rede, sem ter a necessidade de uma entidade como um banco centralizando os dados.

O blockchain é um sistema bastante seguro pois gera um registro de todas as transações feitas, além de garantir maior agilidade e um custo mais baixo para operações do dia a dia, como pagamentos, seguros ou investimentos. Por essas razões, o mercado financeiro já começa a usar essa ferramenta a seu favor.

 

Big Data

Sabe quando você acessa o Internet Banking e recebe aquela sugestão de investimento que parece perfeita para você? Isso é Big Data. Essa tecnologia foi desenvolvida para coletar, analisar e armazenar um grande volume de dados sobre os hábitos financeiros dos clientes, de forma que as instituições financeiras possam proporcionar ofertas e serviços de maneira personalizada.

Essa ferramenta possibilita que bancos e demais players do mercado possam tomar decisões mais precisas, uma vez que estão embasadas em fatos e números concretos.

 

Computação cognitiva

É uma tecnologia que tem grande potencial para desempenhar um papel fundamental no mercado financeiro daqui para a frente. Isso porque os sistemas desenvolvidos com base em computação cognitiva têm capacidade de operar de forma bastante similar à cognição humana, o que permite que eles superem barreiras mais sutis que outros tipos de sistema não conseguem driblar.

O maior exemplo de uso dos sistemas de computação cognitiva nos negócios é a possibilidade de oferecer um atendimento mais eficaz aos investidores, já que os sistemas são capazes de analisar e aprender a partir dos hábitos e do perfil comportamental de cada cliente, fazendo recomendações mais precisas e ajudando na hora de tomar decisões.