Blog Agibank
Pra você ficar bem informado agora.

Insights sobre tecnologia, inovação e finanças.

Golpe do Pix agendado é boato; entenda por quê

Nas últimas semanas, circularam pelas redes sociais vídeos denunciando o “Golpe do Pix Agendado”. Seria um jeito de conseguir dinheiro informando um falso agendamento de Pix por engano e pedindo reembolso. Mas isso é boato.

Esse suposto golpe já foi desmentido pela Receita Federal. Segundo o Banco Central, o sistema é seguro e não dá brecha para golpes. Siga no texto que explicamos melhor.

O que é o falso Golpe do Pix Agendado

Tudo começou com alguns vídeos e mensagens nas redes sociais em que pessoas denunciavam um suposto novo golpe. Seria assim: um desconhecido entra em contato com você dizendo que agendou um Pix por engano, e pede que você devolva o valor. Aí depois que você faz a transferência, ele cancela o agendamento.

Ou seja, os golpistas estariam levando vantagem em cima da boa-fé das pessoas. Péssimo, né? Pois, acreditando que o risco era real, muita gente compartilhou essas informações.

Por que o Golpe do Pix Agendado é boato

Mas, por que o Golpe do Pix Agendado é boato? Segundo o Banco Central (BC), esse tipo de golpe nem tem como acontecer. Isso porque a pessoa que recebe um Pix agendado só é notificada quando o dinheiro cai na conta, e não na hora do agendamento.

Além disso, a pessoa que agenda um Pix pode cancelar essa operação se quiser. Ou seja, quem programa uma transferência por engano pode desfazer isso sem que o destinatário fique sabendo.

O órgão lembra, ainda, que as notificações do Pix só aparecem no aplicativo da instituição financeira, não por SMS ou aplicativos de mensagens. Quer saber mais sobre o Pix? A gente explicou tudo em detalhes aqui no blog, é só clicar neste link.

Dá para agendar um Pix?

Com o boato correndo solto, muita gente ficou em dúvida: dá para agendar um Pix? A resposta é que depende do seu banco.

A função agendamento está disponível desde o lançamento da ferramenta, em novembro do ano passado. Mas esse recurso ainda é opcional, ou seja, as instituições financeiras só oferecem se quiserem.

Se o seu banco ainda não dá essa possibilidade, não precisa se preocupar. A partir de 1º de setembro, todas instituições financeiras deverão oferecer essa opção para quem usa o Pix.