Blog Agibank
Pra você ficar bem informado agora.

Insights sobre tecnologia, inovação e finanças.

Anúncios para regularizar CPF podem ser golpe; entenda

Você já recebeu ofertas ou clicou em um anúncio para regularizar CPF? Pois saiba que isso pode ser golpe. Tem gente usando isso para furtar dados e tirar dinheiro das pessoas.

Quem percebeu isso foi a Receita Federal, que publicou um alerta sobre o risco de ofertas desse tipo. Isso aconteceu porque muita gente procurou o órgão dizendo que foi vítima de um esquema de fraude. Vamos explicar tudo para você, é só seguir no texto.

Por que os anúncios de regularizar CPF podem ser cilada

Recentemente, a Receita Federal viu aumentarem as reclamações sobre um suposto esquema de fraude com anúncios nos sites de busca. Essas ofertas apareceram quando as vítimas pesquisaram por “regularizar CPF” na plataforma.

O problema é que vários dos anúncios que apareciam nos resultados da busca eram de empresas que não são confiáveis. Elas prometiam regularizar o CPF em troca de dinheiro, mas, além de não realizarem o serviço, furtavam os dados da vítima. Ou seja, davam prejuízo em dobro.

Como funciona o golpe de regularizar CPF

Segundo a Receita Federal, essas empresas pedem que a pessoa faça um cadastro, informando dados pessoais. Depois, emitem um boleto ou indicam uma conta para que a vítima faça uma transferência bancária.

Algumas prometem, ainda, resposta de contadores “com acesso ao sistema da Receita Federal”.? Mas é tudo mentira. Além disso, o órgão não cobra nada para regularizar o CPF das pessoas.

Como regularizar o CPF?

Para regularizar o CPF, é só entrar no site da Receita e?selecionar?a opção?“Meu CPF”, como na imagem abaixo. Lá você encontra orientações de como corrigir a sua situação cadastral, que varia dependendo da irregularidade encontrada no sistema.

Ao clicar em Meu CPF, você pode fazer a regularização sem sair de casa.

Pode ser só um problema de cadastro fácil de resolver. Mas o CPF também fica irregular quando você não entrega a declaração do Imposto de Renda, por exemplo.

Se você achar melhor, pode ir até uma unidade de atendimento da Receita Federal na sua cidade. Nos dois casos, a regularização do CPF é gratuita.

O que fazer se você caiu no esquema

A Receita Federal já denunciou os anúncios fraudulentos ao Google e alertou as autoridades competentes sobre o assunto. A recomendação é que as vítimas denunciem o golpe também.

Mas como evitar cair em esquemas assim? Uma dica é sempre tentar buscar informações nas fontes oficiais. Nesse caso, a melhor é a página da Receita Federal: www.gov.br/receitafederal